Parreira mantém quarteto ofensivo

Demorou, mas o técnico Carlos Alberto Parreira desfez o mistério sobre a escalação da Seleção Brasileira para a partida de logo mais (15h45) contra o Japão, que vale uma vaga nas semifinais da Copa das Confederações. O treinador recuou da decisão de mudar ?meio-time? como ele próprio havia anunciado no início da semana, e resolveu fazer apenas quatro mudanças, todas elas no setor defensivo. Desta forma, o quarteto ofensivo formado por Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Robinho e Adriano, que corria risco de ser desfeito, foi mantido pelo treinador.Parreira vai promover as entradas do goleiro Marcos, do lateral-esquerdo Léo, do zagueiro Juan e do volante Gilberto Silva. Deixam o time, respectivamente, Dida, Gilberto, Roque Junior e Emerson. O Brasil precisa de um empate para garantir sua vaga na próxima fase da competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.