Parreira perde pela 1.ª vez no comando da África do Sul

O treinador brasileiro Carlos Alberto Parreira sofreu, nesta quarta-feira, a sua primeira derrota como treinador da África do Sul. Em amistoso realizado no Estádio Ellis Park, em Johanesburgo, a seleção local foi derrotada pela Bolívia por 1 a 0 - gol marcado pelo meia Joselito Vaca, aos 19 minutos do primeiro tempo.Esse foi o terceiro jogo de Parreira no comando do time sul-africano - empate na estréia em amistoso contra a Suazilândia e vitória sobre Chad, no último sábado, pelas Eliminatórias para a Copa da África de Nações. O brasileiro iniciou em janeiro o seu trabalho no país que será a sede da Copa do Mundo de 2010.Pelo que se viu em campo, Parreira terá muito trabalho para montar um time competitivo para a disputa do Mundial em casa. O gol boliviano saiu em uma sucessão de erros da defesa sul-africana. Após o capitão Aaron Mokena se enrolar com a bola na área, Macbeth Sibaya tentou jogar a bola para fora, mas o chute bateu na perna de Vaca e entrou no gol.Estreante salva a FrançaDe folga das Eliminatórias para a Eurocopa 2008, a França enfrentou nesta quarta a Áustria, uma das sedes da competição, e ganhou o amistoso por 1 a 0, no Stade de France, em Paris. O atacante Karim Benzema, do Lyon, fez sua estréia na seleção nacional e foi o autor do gol da vitória, aos oito minutos do segundo tempo.Além de Benzema, o técnico Raymond Domenech aproveitou o amistoso em casa para dar uma oportunidade para vários jovens jogadores. Entre eles o meia Samir Nasri, de 19 anos, que joga no Olympique de Marselha e responsável pela assistência para o gol do atacante do Lyon.Quem não teve a mesma sorte foi a Alemanha, derrotada pela Dinamarca por 1 a 0, em amistoso realizado em Duisburg. Sem a presença de vários titulares, os alemães foram dominados pelos dinamarqueses, que conseguiram o gol da vitória com Nicklas Bendtner, aos 36 minutos da segunda etapa. O resultado negativo significou o fim da invencibilidade do técnico Joachim Löw (oito jogos), que assumiu o comando do time após a Copa do Mundo de 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.