Parreira prevê uma Copa do Mundo sem surpresas

Carlos Alberto Parreira revelou nesta terça-feira que espera uma Copa complicada e difícil, mas sem grandes surpresas. O técnico do Brasil foi um dos 22 treinadores de seleções classificadas para o Mundial da Alemanha que participaram do workshop realizado pela Fifa, na cidade alemã de Düsseldorf.Parreira assegurou que o ocorrido na última Copa, quando alguns favoritos chegaram cansados e foram eliminados prematuramente - como Argentina e França -, não se repetirá, já que as seleções terão mais tempo de preparação dessa vez. "Sem dúvida será um Mundial complicado e difícil para todas as equipes, inclusive para o Brasil. Mas não acredito em surpresas", afirmou o treinador brasileiro.Ao ser questionado sobre os favoritos para a conquista do título, Parreira avisou que o Brasil não está sozinho nesse grupo como muita gente acredita. ?Existem seis ou sete seleções que podem ser campeãs sem que cause alguma surpresa. E nós somos apenas mais um entre eles?, afirmou o treinador, para depois apontar os candidatos. ?Vocês sabem quem são: Itália, Holanda, França, Inglaterra, Argentina e Portugal.?Até mesmo a Alemanha, segundo Parreira, é favorita ao título, apesar da má fase que enfrenta - sofreu humilhante derrota para a Itália no começo do mês e o técnico Klinsmann está sendo muito pressionado. ?Eles vão jogar em casa. E podem não estar num bom momento agora, mas vão achar o caminho certo?, revelou o brasileiro.Durante o evento, Parreira se encontrou com alguns dos treinadores que disputarão o Mundial da Alemanha. Dentre eles, os brasileiros Felipão (Portugal), Alexandre Guimarães (Costa Rica) e Marcos Paquetá (Arábia Saudita). A CBF também aproveitou o encontro para solicitar, junto aos outros países, o adiamento da data limite para convocação dos jogadores, estabelecida em 15 de maio pela Fifa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.