Parreira quer penhorar CT do Atlético

Os advogados que representam o técnico da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira, em uma ação que ele move contra o Atlético-MG, na Justiça do Trabalho, solicitaram a penhora do Centro de Treinamento do clube mineiro, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte, informou hoje o diretor administrativo e financeiro do Galo, Evandro de Pádua Abreu. A intenção era garantir o pagamento de uma dívida de R$ 250 mil do alvinegro com o treinador, que trabalhou no clube em 2000. Segundo o dirigente, o pedido de penhora do CT não foi aceito pelo Atlético e a ação continua tramitando na Justiça. De acordo com a assessoria de imprensa do Galo, o CT de Vespasiano está avaliado em R$ 5 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.