Parreira recusa proposta para comandar o Flamengo

O técnico Carlos Alberto Parreira recusou o convite de trabalhar no Flamengo na próxima temporada, em reunião com presidente do clube, Márcio Braga, na noite desta quinta, no Rio de Janeiro. O dirigente teria oferecido ao ex-treinador da seleção brasileira os cargos de gerente de futebol e técnico do time.Parreira atribuiu a recusa ao seu contrato com a Traffic. Para o treinador, seria inviável assumir algum cargo no Flamengo e, ao mesmo tempo, cumprir com seus compromissos com a empresa de marketing esportivo. Após a conversa com Parreira, o vice-presidente de futebol, Kléber Leite, informou que divulgará o nome do novo treinador do Flamengo até o início da tarde desta sexta-feira. Renato Gaúcho, que comandou o Vasco no final do Brasileirão, e Cuca são os principais candidatos ao cargo. Com o fim da negociação com o Flamengo, Parreira poderá acertar com o Fluminense. Na quarta-feira, o presidente do clube, Roberto Horcades, informara que estava conversando com o técnico. O dirigente havia dito que anunciaria até sexta-feira o resultado da negociação. No Fluminense, Parreira poderia assumir como coordenador técnico, trabalhando ao lado do treinador René Simões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.