Parreira usa o domingo para treinar jogadas ensaiadas

O único treino da seleção brasileira neste domingo, em Königstein, na Alemanha, foi totalmente voltado para as jogadas ensaiadas nas bolas paradas. A intenção do técnico Carlos Alberto Parreira, que comandou toda a movimentação, foi criar alternativas para o time do Brasil nos jogos da Copa do Mundo.O grupo foi dividido. Numa metade do campo, Parreira chamou apenas os titulares à medida que ia mudando o treino. Já quem não era utilizado ficou participando de um rachão, na metade do campo restante. Uma das preocupações foi o posicionamento da defesa quando tiver que se defender. Nisso, ele usou Emerson, Adriano e Kaká, junto com Lúcio e Juan, mais Zé Roberto pegando o rebote na entrada da área.Já no treino do ataque, Parreira ficou de olho nos escanteios e nas faltas laterais. Ronaldinho Gaúcho foi quem sempre cruzou, com Kaká (em cima do goleiro), Adriano e Ronaldo na área, sendo que o Fenômeno ficava posicionado na segunda trave. Em toda as jogadas, o goleiro utilizado foi Dida.Outro lance treinado foi as jogadas ensaiadas de falta. Roberto Carlos, Ronaldinho Gaúcho e Kaká (mais para rolar a bola), foram os que participaram das cobranças, sempre variando o lugar da bola. Foram treinadas também as cobranças de pênalti: Ronaldinho, Kaká, Adriano e Ronaldo tiveram bom aproveitamento.Até ensaio em cobranças de laterais Parreira pensou e treinou. Cafu e Roberto Carlos cobravam para dentro da área, com Adriano chegando perto e cabeceando para trás.O treino foi acompanhado de perto, desta vez, pela família do zagueiro Juan, que esteve na arquibancada do SportPark. Agora, todos jantam e arrumam as malas para a viagem ainda neste domingo à noite (na Alemanha) para Berlim, onde o time joga na terça contra a Croácia. A chegada à capital está prevista para as 17 horas (de Brasília).Para deixar tudo em ordemDepois do treino, Ronaldo ficou correndo em volta do campo, junto com Rogério Ceni, por cerca de 15 minutos. Apesar do calor, o atacante estava com blusa de manga comprida, para transpirar bastante, o que mostra a intenção de perder peso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.