Parreira vai exigir mais de Robinho

O técnico Carlos Alberto Parreira comanda um treino coletivo da Seleção Brasileira logo mais às 16 horas, na Granja Comary - o último antes da partida contra o Chile, que vale uma vaga na Copa do Mundo da Alemanha - e pretende exigir um pouco mais de um jogador em especial. O treinador quer condicionar Robinho a atuar como meio-campista. Acha que ele até pode, e deve, chegar no ataque, mas têm como função primordial ajudar a criar as jogadas para a dupla de ataque Ronaldo e Adriano. Parreira acha que tanto Robinho como Kaká terão de ajudar na marcação no meio-campo O time está escalado. Começa a partida contra o Chile com Dida; Cafu, Juan, Lúcio e Roberto Carlos; Emerson, Zé Roberto, Kaká e Robinho; Ronaldo e Adriano.Depois do treino, a Seleção começa a se preparar para deixar Teresópolis.Às 19h15 a delegação segue para o Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro e, às 20h45 embarca em vôo fretado para Brasília, local da aprtida de domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.