Parreira vai se ausentar no 2.º mês

Nem bem chegou ao Parque São Jorge e Carlos Alberto Parreira já terá de se ausentar do Corinthians por alguns dias. Em meados de fevereiro, o treinador viajará para os Estados Unidos, onde dará palestras. Assim, não poderá dirigir a equipe num dos jogos da equipe pelo Torneio Rio-São Paulo. Seu auxiliar, Jairo Leal, deverá substituí-lo. Parreira faz parte do Conselho Técnico da Fifa, por isso é obrigado a cumprir alguns compromissos a mando da entidade. ?A diretoria já estava avisada sobre esses compromissos.? Em maio, o técnico irá ao Japão e à Coréia do Sul a fim de acompanhar a Copa do Mundo. Ele ficará até o fim da competição para fazer análise técnica das seleções. Os dirigentes acreditam que sua ausência não afetará o Corinthians, pois será numa época em que não haverá competições no Brasil. ?Para nós, é uma honra ter o técnico no Comitê da Copa do Mundo?, ressaltou Dick Law, da Hicks Muse. O elenco se reapresenta no dia 2 de janeiro e inicia a preparação para a disputa do Torneio Rio-São Paulo. A estréia será no dia 20, contra o Fluminense, em São Paulo. Parreira passará os próximos dias com a família e, depois, começará a se reunirá com os dirigentes para fazer o planejamento para 2002 e definir os nomes dos jogadores que ficam e dos que deixam o clube. O atacante Luiz Mário, que está no Grêmio, vai retornar se os gaúchos não depositarem os R$ 2 milhões referentes ao passe do atleta. O prazo vence no próximo dia 31. Existe, também, a possibilidade de Fernando Baiano ser trocado por Oséas e de Edílson voltar. O atacante deve se desligar do Flamengo. Sobre Marcelinho Carioca, Parreira evitou fazer comentários. Mas o difícil relacionamento com Citadini deve impedir a volta do jogador para o Parque São Jorge no próximo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.