Parreira vê jogo e lamenta confusão

O técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, disse que o Vasco chegou ao título do Campeonato Carioca com méritos e se aproveitou basicamente da vantagem de jogar por dois resultados iguais. "Seria mesmo complicado para o Fluminense tirar essa diferença", observou. Ele assistiu à partida ao lado do coordenador-técnico Zagallo. Os dois lamentaram o tumulto no final do primeiro tempo, que culminou com a expulsão de Marcão e de Marcelinho Carioca. Sobretudo a saída do meia vascaíno decepcionou Parreira. Ele deixou escapar que tinha algum interesse em analisar a atuação de Marcelinho. "Foi um jogo equilibrado, sem destaques individuais. O único que poderia destoar (Marcelinho) foi expulso", declarou. De acordo com o treinador, a vantagem de poder atuar por dois resultados semelhantes prevaleceu nos principais campeonatos estaduais neste ano. "Deu a lógica, pelo que a gente vem vendo." Parreira e Zagallo viajam nesta segunda-feira para Portugal, onde o Brasil disputa amistoso no sábado (29) com a seleção local. O embarque da dupla está previsto para as 20 horas, no Aeroporto Internacional Tom Jobim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.