Partida é suspensa no Paraguai depois de confusão entre torcedores do Olimpia

Partida da tradicional equipe contra o Sol de América estava 0 a 0 quando foi interrompida, aos 8 do 1.º tempo

Estadão Conteúdo

08 Outubro 2017 | 19h54

Uma briga entre torcedores do Olimpia provocou a suspensão da partida que o clube disputava contra o Sol de América, neste domingo, em duelo válido pelo Torneio Clausura do Campeonato Paraguaio. Árbitro do confronto, Eber Aquino notou a confusão nas arquibancadas e pediu aos jogadores do Olimpia que acalmassem os seus torcedores. A violência, contudo, persistiu. E Aquino suspendeu o duelo aos oito minutos, quando estava empatado por 0 a 0.

+ Colômbia ressuscita Paraguai na penúltima rodada das Eliminatórias

A briga entre os fanáticos deixou quatro pessoas feridas, que precisaram ser levadas a um hospital público, e destruiu a barreira de proteção de um setor do estádio, conforme apontaram os responsáveis pela partida.

 

O jogo se realizava no estádio 2 de Mayo, em Pedro Juan Caballero, que fica a 600 quilômetros da capital Assunção e na fronteira com o Mato Grosso do Sul. "Eles não são torcedores de futebol, são criminosos. Já é momento de encontrar a solução à violência deles", afirmou Marco Trovatto, presidente do Olimpia, que prometeu devolver o dinheiro do ingresso aos torcedores afetados pela briga.

Se a confusão se instaurou no Campeonato Paraguaio, a seleção local tem uma importante missão nesta terça-feira: vencer a Venezuela no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, e torcer para que uma combinação de resultados a coloque, ao menos, na repescagem das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.