Passaportes: CPI vai ouvir atacante

Logo mais às 16 horas, começa na CPI da CBF/Nike, o depoimento do jogador Alex Dias de Almeida, o Alex, do Saint Etiènne, da França. O atacante Alex depõe na condição de testemunha, portanto tendo de jurar dizer a verdade. Ele foi convidado a falar na comissão sobre o processo que responde, na França, por envolvimento com a emissão de passaporte falsificado. Depoimentos de empresários estão previstos para amanhã, a partir das 15 horas, quando a CPI começa a ouvir o empresário Juan Figger Svirski que atua no ramo de intermediação de jogadores entre os clubes brasileiros e para o exterior. Segundo informações colhidas pela comissão, Figger já transferiu mais de uma centena de menores brasileiros para o futebol europeu. O empresário também é acusado, pela CPI da CBF/Nike, de participar de um esquema de falsificação de passaportes. E, na quinta-feira, às 9h30 será a vez de outro empresário, Afonso Martins Costa Filho, conhecido como Jimmy Martins, apontado como responsável de entregar passaportes falsos a jogadores brasileiros que atuam na Europa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.