Passaportes: justiça julga a Inter

A Internazionale de Milão deverá ser o primeiro clube a ser julgado pela justiça desportiva por envolvimento no chamado escândalo dos passaportes falsos, que seriam usados por jogadores não pertencentes à comunidade européia. A partir de amanhã, o clube será julgado pela Comissão Disciplinar da Liga Italiana por causa do passaporte irregular que estava sendo utilizado pelo uruguaio Alvaro Recoba. Além do próprio clube, estão sendo processados dois dirigentes da Inter - Rinaldo Ghelfi e Gabriele Oriali.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.