Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Passaportes: justiça ouve Assunção

O jogador brasileiro Marcos Assunção, que defende o Roma, foi interrogado hoje pela Justiça de Udine no processo que apura o uso de passaportes falsificados por jogadores extra-comunitários. O depoimento acontece um dia depois de Assunção ter sido procurado por policiais em sua casa, em Roma. O brasileiro levou um susto. Estava em Trigoria, com a equipe, em regime de concentração para a partida contra o Liverpool, pela Copa da UEFA, quando foi informado pela noiva que um grupo de policiais estava em sua casa. Os policiais queriam o seu passaporte português. Liberado pelo técnico Fabio Capello, Assunção deixou a concentração e foi até sua casa e explicou que o passaporte estava consulado desde o dia 27 de julho do ano passado. Marcos Assunção possui passaporte português há pelo menos um anoTambém na quinta-feira, a policia italiana ouviu o depoimento do goleiro Dida (Milan), acusado de utilizar passaporte português falsificado. Além dos dois brasileiros, as autoridades italianas investigam mais de duas dezenas de jogadores extra-comunitários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.