Nelson Perez/Divulgação
Nelson Perez/Divulgação

Passar na Copa do Brasil é obrigação no Fluminense, diz Renato Gaúcho

Técnico reconhece que Vasco teve méritos na classificação para a final do Carioca

Agência Estado

31 de março de 2014 | 09h53

RIO - O técnico Renato Gaúcho reconheceu que a eliminação nas semifinais do Campeonato Carioca, definida com a derrota por 1 a 0 para o Vasco no último domingo, aumentou a pressão sobre o Fluminense. Por isso, ressaltou que o time tem a obrigação de se recuperar na Copa do Brasil e eliminar o Horizonte após perder o jogo de ida, no Ceará, por 3 a 1. O duelo de volta está marcado para o dia 10 de abril, no Maracanã.

"No momento temos de, infelizmente, pensar na saída do Carioca. Terei a semana toda para trabalhar, conversar com o grupo e mais do que nunca virou obrigação passar de fase na Copa do Brasil. Virou obrigação sem dúvida alguma. Já era. Agora é ainda mais. Não está tudo errado porque perdemos. Era um clássico e saímos da competição para um ótimo adversário", disse o treinador.

Renato também reconheceu que o Vasco teve méritos na classificação para a final do Campeonato Carioca. O treinador, porém, apontou desatenção da defesa do Fluminense no gol marcado por Edmilson, que selou a eliminação do time das Laranjeiras.

"Ninguém gosta de ser eliminado. Ainda mais numa semifinal, por outro lado é clássico, jogo pegado, disputado e ninguém gosta de perder. Os times se entregam, se dedicam. Não interessa quem está melhor. Nos empenhamos muito nos dois jogos e sofremos um gol que não poderíamos ter tomado. Não conseguimos nosso objetivo, mas não podemos tirar o mérito do gol do Vasco", declarou Renato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.