Passarella espera contato do clube

O treinador Daniel Passarella passou a manhã desta segunda-feira em sua residência, no bairro de Higienópolis, aguardando um contato do Corinthians. Uma reunião com a diretoria deverá acontecer nesta tarde. Como o dia é de folga geral no clube, o clima no Parque São Jorge foi de total tranqüilidade pela manhã. Apenas o vice-presidente de futebol, Nesi Cury, apareceu para trabalhar. Passarella já afirmou que não pedirá demissão do cargo de técnico do Corinthians. A solução, que pode acontecer na reunião - com as presenças de Kia Joorabchian, Paulo Angioni, Alberto Dualib, Andrés Sanchez e Nesi Cury -, é um acordo para a saída do argentino. A multa rescisória é de US$ 1 milhão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.