Passarella, mais uma vez, diz que fica

A goleada por 5 a 1 aplicada pelo São Paulo neste domingo - quatro dias depois da eliminação na Copa do Brasil ao perder para o Figueirense - parecem não abalar a confiança do técnico Daniel Passarella, do Corinthians. Em entrevista coletiva ao final do clássico, ele disse que pretende continuar no cargo. Segundo ele, a equipe tem condições de se recuperar no campeonato.?Interiormente eu ainda tenho forças para continuar e acredito que os jogadores também?, disse ele. ?Mantenho firme a minha posição e a minha postura?, acrescentou.Passarella diz não acreditar que esteja sendo boicotado por alguns jogadores e diz que só com paciência e trabalho a equipe conseguirá superar essa fase ruim. ?Tenho confiança que podemos reverter essa situação. Agora teremos uma semana inteira de trabalho pela frente e alguns jogadores importantes que estavam machucados deverão ser liberados?, disse. Na próxima rodada, domingo,o Corinthians enfrenta o Atlético-PR na Arena da Baixada, em Curitiba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.