Passarella mantém mistério sobre Roger

O técnico Daniel Passarella, definitivamente, resolveu fazer mistério sobre a escalação do Corinthians para a partida desta quarta-feira contra o Figueirense, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. O meia Roger - que sofreu uma lesão muscular nos treinos de ontem - continua em tratamento intensivo. A previsão era que nesta terça-feira o treinador já soubesse se poderia ou não contar com o meia, mas isso não ocorreu. O departamento médico do clube pediu mais tempo para acompanhar a evolução do tratamento e provavelmente só amanhã vai dar um parecer. Caso Roger seja vetado, o substituto natural seria Hugo, mas o jogador também está contundido. Na partida de domingo, contra a Portuguesa Santista, no encarramento do Campeonato Paulista, o jogador também sentiu uma lesão muscular e dificilmente estará recuperado até a hora do jogo. O técnico diz que vai esperar Roger ou Hugo até momentos antes do jogo, mas já estuda opções. A principal delas será a entrada de Rosinei. O jogador, que já atuou improvisado na lateral, é meia de origem. Outra possibilidade seria a escalação do atacante Gil improvisado no meio. Independente da escalação, a torcida do Corinthians está entusiasmada. Após a sofrida classificação com a vitória de 5 a 1 sobre o Cianorte, os torcedores passaram a acreditar no título e prometem sufocar o adversário. Os 34.500 ingressos colocados à venda já estão esgotados. A partida será no Pacaembu, às 20h30.

Agencia Estado,

19 Abril 2005 | 11h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.