Reprodução
Reprodução

Veja o que um pastor evangélico fez na concentração da seleção

Guilherme Batista se reuniu com 10 atletas no hotel em Boston

O Estado de S. Paulo

10 de setembro de 2015 | 18h07

Nos últimos dias, a seleção brasileira esteve nos Estados Unidos para dois amistosos, o primeiro no último sábado contra a Costa Rica e contra os donos da casa, terça. De acordo com reportagem do Globoesporte.com, às vésperas do segundo jogo, em Boston, dez jogadores se encontraram com o pastor evangélico Guilherme Batista no hotel em que o grupo estava concentrado.

Em sua conta no Facebook, Batista afirmou ter sido "convocado para a seleção brasileira". Em outras fotos, ele agradece David Luiz e Kaká pelo convite. Na foto mais recente, ao lado de Dunga, Guilherme estava tendo um "café da manhã com o chefe em Guarulhos". 

Mais que fotos, Guilherme também publicou um vídeo no qual registra uma roda de oração com os convocados. Além de Kaká e David Luiz, Marcelo Grohe, Fabinho, Douglas Costa, Lucas, Lucas Lima, Jefferson, Alisson e Douglas Santos estiveram com o pastor. Na mesma rede social, Guilherme parecia feliz, "pois três vidas se entregaram a Cristo voltando pra Jesus e tomando a decisão certa!"

 

Um dia que ficará marcado pra sempre em minha vida !!!Levar o amor de Cristo emUm lugar onde sempre sonhei poder estar! Sintam um pouco da graça que foi derramada naquele lugar! Seleção Brasileira,Obrigado David Luiz e Kaka pelo convite!Posted by Guilherme F. Batista on Quarta, 9 de setembro de 2015

Segundo a assessoria de imprensa da CBF, a comissão técnica da seleção não permite encontros e expressões desse tipo nas concentrações. A reunião com os atletas em Boston foi realizada no horário de descanso dos jogadores. Neste período, eles são liberados para se encontrarem com familiares e assessores. 

 

Café da manhã com o Chefe aqui em Guarulhos ! #Dunga 🔰🇧🇷☕️

Uma foto publicada por Guilherme F Batista Ⓜ️ (@guilhermefbatista) em

 


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.