Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Pato ensaia adeus do São Paulo e Osorio já pensa no time sem ele

Atacante tem negociação avançada com clubes do futebol europeu

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2015 | 23h06

Atualizada às 23h59

Após boa atuação na vitória por 3 a 0 do São Paulo sobre a Ponte Preta, o atacante Alexandre Pato falou sobre a possibilidade de ser negociado com  o futebol europeu e que neste sábado tenha sido seu último jogo com a camisa tricolor. Mostrando claramente estar constrangido, o jogador disse que gostaria de permanecer no clube, mas seu futuro não depende apenas disso.

"Não sei (se vai embora). Ainda tem hoje e amanhã para vermos o que vai acontecer. Eu gostaria de permanecer, mas tenho que ver. Meu empresário (Gilmar Veloz) vai vir para cá e vou falar com ele. Tenho que estudar, quero ficar, mas não depende de mim", disse o jogador, em entrevista à SporTV.

Em seguida, o jogador deu uma declaração em tom de despedida. "Não seria legal acabar assim, mas vamos ver. Quero ficar, mas não depende só de mim, como eu disse. Vamos definir isso nas próximas horas", avisou. A janela de transferências para o futebol do exterior fecha na segunda-feira. 

O técnico Juan Carlos Osorio deixou claro que acha pouco provável que o atacante continue no Morumbi. “Não creio que seja justo pedir para ele ficar aqui e nos ajudar. Seria colocar mais coisas na cabeça dele. Que ele decida com sua família”, disse o treinador, que vê Pato como o melhor atacante do futebol brasileiro. “Ele influi no jogo e no placar. Existem jogadores que afetam o placar, mas não o jogo. Ele é a grande diferença da equipe”, completou o treinador, que parece estar convicto de que vai perder mais um importante jogador em seu elenco.

Gilmar Veloz, empresário de Alexandre Pato, negocia a venda do atacante com Manchester United e Tottenham. O Corinthians, detentor dos direitos federativos do jogador, já deu o aval para a transação sair. 

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.