Antonio Calanni/AP
Antonio Calanni/AP

Pato faz 2 em vitória do Milan, mas Inter segue distante

Brasileiro brilha na vitória sobre a Atalanta por 3 a 1, pela 26.ª rodada; Ronaldinho também ganha elogios

AE, Agencia Estado

28 de fevereiro de 2010 | 14h12

Ainda buscando uma vaga na Copa do Mundo, Alexandro Pato foi decisivo neste domingo para a vitória do Milan por 3 a 1 sobre a Atalanta, em casa, pela 26.ª rodada do Campeonato Italiano. O atacante marcou dois gols, ambos com participação de Ronaldinho Gaúcho, outro que tenta convencer o técnico Dunga de que merece mais uma chance na seleção brasileira.

O resultado, entretanto, não foi suficiente para mudar a condição do Milan na luta pelo título. Isso porque a Inter de Milão também venceu na rodada, ao derrotar a Udinese, fora de casa, por 3 a 2, com um belo gol do lateral-direito Maicon, este sim convocado por Dunga para o amistoso desta terça-feira, contra a Irlanda. Com isso, a Inter segue na ponta, com 58 pontos, contra 54 do Milan.

Na partida em Milão, o time anfitrião não começou bem, mas melhorou depois de um lance de Ronaldinho Gaúcho. Aos 22 minutos, ele quase marcou de bicicleta. O arremate cheio de técnica empolgou a equipe milanesa, que inaugurou o marcador aos 30, em jogada iniciada pelo próprio meia-atacante. Ronaldinho fez passe de calcanhar, Ambrosini cruzou e Pato pegou de voleio.

Já o segundo gol milanês foi todo brasileiro. Aos 41, Ronaldinho fez jogada individual e lançou Pato na área. O atacante driblou o goleiro e marcou. Na etapa complementar, Pato deixou o campo sentindo lesão, mas Ronaldinho ficou e só não marcou o terceiro porque o goleiro defendeu a penalidade cobrada por ele. No rebote, Borriello fez 3 a 1, já que Valdes havia descontado para os visitantes.

VEJA TAMBÉM:
\"lista\" ITALIANO - Leia mais da competição
\"tabela\" ITALIANO - Tabela / Classificação

Ainda na parte de cima da tabela, a Roma também contou com um gol brasileiro no empate por 2 a 2 com o Napoli. Em Nápoles, o time romano abriu o placar com Júlio Baptista, de pênalti, e chegou a fazer 2 a 0, mas a equipe anfitriã se recuperou e arrancou a igualdade, deixando a Roma com 51 pontos, na terceira posição. O Napoli é quinto, com 41, mesma pontuação da Juventus, que ainda recebe o Palermo neste domingo.

Os gols brasileiros também marcaram a vitória do Bologna sobre o Genoa. No triunfo por 4 a 3, fora de casa, o atacante Adailton marcou três vezes. Completando a rodada, o Parma venceu a Sampdoria por 1 a 0 e o Chievo superou o Cagliari por 2 a 1, mesmo placar da vitória do lanterna Siena sobre o Livorno.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.