Pato quer que Kaká fique no Milan

Para Alexandre Pato, companheiro de Kaká no Milan, o jogador deve permanecer no time porque ali é a sua casa. Reportagens afirmam que o Manchester City ofereceu 100 milhões de euros (133 milhões de dólares) para contratar Kaká. "Se eu fosse o Kaká, não teria dúvida. Eu ficaria no Milan, que é a casa dele", disse o atacante à Gazzetta dello Sport. Kaká treinou normalmente para o jogo contra a Florentina, no sábado, e o técnico Carlo Ancelotti vai avaliar as condições psicológicas do jogador antes de decidir se vai escalá-lo desde o início. Já David Beckham, emprestado do Los Angeles Galaxy, fazer sua estreia em um jogo do Milan em casa, tendo jogado em quase toda a partida contra a Roma, empatada em 2 x 2. Felipe Mattioni, que foi emprestado ao Milan pelo Grêmio, não estará disponível depois de voltar ao Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.