Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Pato sente desconforto muscular na coxa, após dez jogos sem problemas

Médico do Corinthians, Guilheme Runco, diz que não há lesão, mas atacante será submetido a exame nesta quinta

O Estado de S. Paulo

14 de março de 2013 | 00h41

A torcida corintiana tomou um susto quando o atacante Alexandre Pato pediu para deixar o campo na metade do segundo tempo da partida do Corinthians contra o Tijuana, na noite desta quarta-feira, no Pacaembu. A apreensão era natural, afinal, o jogador vinha de uma sequência de dez jogos sem sentir as contusões musculares que foram seu tormento nas duas últimas temporadas no Milan.

Enquanto aguardava ser substituído por Romarinho, Pato ainda teve tempo de abrir o placar para o Corinthians, aos 26 minutos, aproveitando rebote na trave de chute de Renato Augusto. Pouco depois o jovem atacante deixou o campo.

Mas o médico do Corinthians, Guilherme Runco, procurou tranquilizar a nação corintiana, após a partida. "Ele sentiu um desconforto muscular na coxa direita e decidimos tirá-lo para evitar que o problema se agravasse. Não houve lesão", garantiu Runco.

Segundo o medico, Pato começou a reclamar por volta de 15 minutos do primeiro tempo. O jogador vai fazer um exame de imagem na tarde desta quinta-feira para saber se tem algum problema mais sério.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.