Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Pato sente dores na perna em treino do São Paulo e vira dúvida para jogo contra o Botafogo

Atacante já ficou fora da equipe em seis partidas do Campeonato Brasileiro por lesões

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2019 | 11h38

Alexandre Pato pode desfalcar o São Paulo pela sétima vez neste Campeonato Brasileiro. O atacante sentiu dores na perna direita durante treino na terça-feira, no CT da Barra Funda, e passa por avaliação médica desde então. Antes de sua volta no empate por 1 a 1 contra o CSA, no último domingo, o jogador teve uma sequência de cinco jogos afastado, em tratamento médico.

Problemas nas coxas e dores musculares impediram a escalação de Pato nas últimas partidas. Ainda na quarta rodada do Brasileirão, o jogador não enfrentou o Fortaleza devido contusão sofrida na partida anterior, contra o Flamengo, quando ele tomou uma pancada na região cervical.

No jogo deste sábado, contra o Botafogo, às 11h (horário de Brasília), no Rio, pela 20ª rodada, Cuca poderia ter força máxima de seu elenco, sem jogadores suspensos e lesionados que são pouco utilizados, como Lucas Perri e Joao Rojas. Caso o técnico não possa mesmo contar com Pato, provavelmente repetirá o trio de ataque com Antony, Everton e Pablo, titular no empate com o CSA.

Contratado como um dos principais reforços do São Paulo para a temporada, Pato também ficou fora de partidas do Campeonato Paulista. Ele se apresentou ao clube no fim de março, mas não conseguiu participar do torneio estadual devido ao fim do período de inscrições. Assim, passou cerca de um mês treinando. A estreia aconteceu no dia 27 de abril, diante do Botafogo, na primeira rodada do Brasileirão.

POSSÍVEL ESCALAÇÃO

Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Liziero e Daniel Alves (Hernanes); Alexande Pato (Everton), Antony e Pablo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.