Patrick Vieira tem propostas e deve deixar o Palmeiras

O meia Patrick Vieira está com as horas contadas no Palmeiras. O jogador tem proposta de dois clubes e como sente que dificilmente voltará a ter oportunidades após a chegada de tantos jogadores para sua posição, ele está disposto a ser negociado para ganhar mais espaço. A reportagem apurou que o meia tem uma proposta de empréstimo do futebol japonês e para ser contratado em definitivo para um time da Série A do Campeonato Brasileiro.

DANIEL BATISTA, Agência Estado

30 de julho de 2013 | 16h33

O jogador tem uma negociação bem avançada com o futebol japonês. Ele iria por empréstimo até o fim do ano, mas com a possibilidade de ficar em definitivo. O acordo estava por detalhes para ser sacramentado e poderia ser anunciado nesta terça-feira, mas um time da Série A, que tem interesse no jogador desde o ano passado, entrou forte na briga.

Este clube, que não teve o nome revelado, deve formalizar uma proposta pelo jogador até o fim da semana. A intenção é comprar pelo menos uma parte dos 70% dos direitos econômicos do atleta que pertencem ao Palmeiras. Os outros 30% são do empresário Júlio Granja.

O agente admite ter propostas, mas se esquiva sobre qual o futuro do atleta. "Ele tem algumas possibilidades e uma que parece mais concreta, mas não posso falar de onde e quem são os envolvidos. O fato é que ele não vai ficar no Palmeiras", assegurou o empresário. Granja revela que se dependesse só da vontade do jogador, ele permaneceria no clube.

"O Patrick adora jogar no Palmeiras e está lá há muitos anos. Ele é muito feliz no clube e sabe que a torcida gosta muito dele, mas ele precisa jogar. Chegaram muitos jogadores ao clube e parece que ele não deve ter muitas oportunidades", explicou Granja.

Embora o Palmeiras tenha sido rebaixado no ano passado, Patrick Vieira deixou a temporada como um dos destaques da equipe e o técnico Gilson Kleina era só elogios para o garoto, revelado pelo Botafogo, mas que ainda na base foi jogar no time alviverde. Entretanto, com a drástica mudança no elenco e a chegada de muitos jogadores para sua posição, Patrick perdeu espaço e não vem sendo aproveitado nem no banco de reservas.

O fato de ter se recuperado de uma lesão durante a Copa das Confederações, mas desde então não ter sido mais aproveitado pelo técnico Gilson Kleina deixou o jogador chateado e por isso ele resolveu aceitar as propostas que chegaram. Patrick Vieira fez apenas 18 jogos nesta temporada e não atuou em nenhuma partida da Série B. Por isso, ele pode defender qualquer clube da Série A, B ou C e também deixar o País.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasPatrick Vieira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.