Site/Internacional
Site/Internacional

Patrick volta a reclamar de árbitro e promete secar rivais do Inter

"Ele podia marcar tudo, menos impedimento", afirma o jogador sobre decisão de Ricardo Marques Ribeiro

Estadão Conteúdo

23 Outubro 2018 | 19h06

O empate por 2 a 2 diante do Santos, na última segunda-feira, no Beira-Rio, frustrou e irritou jogadores e torcedores do Internacional. Não apenas pelo fato de distanciar a equipe do Palmeiras na luta pelo título do Campeonato Brasileiro, mas também por causa da arbitragem polêmica de Ricardo Marques Ribeiro.

Os jogadores reclamaram demais da marcação de um impedimento marcado de Leandro Damião, no gol anulado quando o placar estava 1 a 1. "Ele podia marcar tudo, menos impedimento. A minha opinião é essa", declarou Patrick nesta terça-feira, escancarando a insatisfação do elenco um dia depois da partida.

Apesar da polêmica, o Inter chegou ao segundo gol minutos depois e poderia ter vencido se não fosse o gol contra bizarro marcado por Fabiano, após erro na área colorada. "Acontece, a gente faz gol e também toma. Mas estamos no caminho, é só ter mais atenção", considerou o meio-campista.

Com o resultado, o Inter ficou na terceira colocação, com 57 pontos, já a cinco do Palmeiras e um do Flamengo. Mesmo com a dificuldade a oito rodadas para o fim do Brasileirão, Patrick mantém a confiança na disputa do título. "Não tem nada concreto. Se Deus quiser vamos alcançar o nosso objetivo. Se não for o título, será a Libertadores."

O jogador espera que a diferença para o líder possa cair já na próxima rodada, quando o Inter visita o Vasco, na sexta-feira, um dia antes de confronto entre Flamengo e Palmeiras, no Rio. "O nosso objetivo é conseguir a vitória. Nós tropeçamos, temos que torcer para os adversários diretos tropeçarem também", comentou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.