Patrik comemora marca e promete evoluir no Palmeiras

A partida do Palmeiras contra o Atlético Goianiense, domingo, no Estádio Serra Dourada, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, promete ser especial para Patrik. Na equipe principal desde 2010, o meia vai completar 100 jogos pelo clube se for escalado pelo técnico Luiz Felipe Scolari. O jogador comemora o feito, mas ainda espera evoluir no time.

AE, Agência Estado

17 de agosto de 2012 | 13h17

"Meus amigos conversam comigo, sei que para jogar no Palmeiras é preciso sempre dar um algo a mais e é o que procuro fazer a cada jogo. Sei que posso evoluir ainda mais e me esforço diariamente para que isso aconteça", disse, ao site oficial do Palmeiras.

Patrik avalia que a sua aplicação tática é a principal responsável pela sua marca expressiva no Palmeiras. "Eu faço aquilo que o Felipão e a comissão técnica pedem. O Felipão sempre fala para eu chegar nos outros meias e atacantes, mas quando fico sem a bola, preciso fechar os espaços e marcar os laterais. Ao mesmo tempo em que eu tenho liberdade para criar e finalizar, também tenho essa responsabilidade de marcar", disse.

Dos 99 jogos que Patrik participou, 22 foram em 2010, 50 em 2011 e 27 nesta temporada. Nessas partidas, ele marcou 11 gols pelo Palmeiras. "Acho que tenho atendido aquilo que a comissão técnica pede e por isso estou alcançando essa marca tão significativa. É um número expressivo, ainda mais em se tratando de um clube do tamanho do Palmeiras", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasilçeirãoPalmeirasPatrik

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.