Fabio Menotti/Ag. Palmeiras
Fabio Menotti/Ag. Palmeiras

Patrocinadora do Palmeiras lucra mais de R$ 1 bilhão por ano

Crefisa tem ativos de R$ 4 bilhões e cresce graças a empréstimos feitos aos clientes

Josette Goulart, O Estado de S. Paulo

14 Fevereiro 2017 | 07h00

Emprestar para quem não tem crédito na praça e cobrar muito caro por isso. Essa tem sido a estratégia da Crefisa que a tornou nos últimos anos uma das instituições financeiras mais lucrativas do Brasil. Se for feita uma comparação com todos os bancos e financeiras regulados pelo Banco Central, a Crefisa está entre as top 10. Foi mais de R$ 1 bilhão de lucro líquido em 2015. Até setembro do ano passado, outros R$ 805 milhões foram registrados pela companhia. E esse resultado todo acontece mesmo com a Crefisa estando lá embaixo, na 60.ª posição, no ranking por tamanho das instituições. 

A empresa possui centenas de lojas financeiras espalhadas por todo o País, oferecendo crédito a um custo de 20% ao mês. Para driblar a inadimplência, desconta as parcelas dos empréstimos na conta corrente do cidadão. Funciona quase como um cheque especial. Na verdade, as taxas de juros da Crefisa são até mais caras que a do cheque especial de qualquer grande banco, segundo os dados do Banco Central. Mesmo assim, mais de um milhão de clientes possuem empréstimos com a financeira. Seus ativos ultrapassavam R$ 4 bilhões no ano passado. 

Os donos da Crefisa, no entanto, são avessos a entrevistas. A empresa é comandada pelo casal José Roberto Lamacchia, fundador e controlador da financeira, e Leila Mejdalani Pereira, que é a presidente da instituição. Os dois praticamente não aparecem na mídia. Tampouco falam de seus negócios, que além da Crefisa inclui a Faculdade das Américas. A exceção é feita quando se trata justamente do Palmeiras. Aí os holofotes têm se voltado para o casal, que é hoje o maior patrocinador do time. 

Mais conteúdo sobre:
PalmeirasCrefisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.