Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Paulinho brilha, Barcelona goleia e continua disparado na liderança do Espanhol

Equipe catalã segue tranquila na competição com vitória por 4 a 0 sobre o Deportivo La Coruña, em casa

Estadão Conteúdo

17 de dezembro de 2017 | 19h44

O Barcelona confirmou o favoritismo contra o Deportivo La Coruña com muita tranquilidade. Neste domingo, jogando em casa, a equipe catalã foi superior durante toda a partida e goleou por 4 a 0, pela 16ª rodada do Campeonato Espanhol. O brasileiro Paulinho foi o autor do segundo e do quarto gol. Luis Suárez marcou os outros dois. Já Messi acertou três bolas na trave e desperdiçou um pênalti.

+ TEMPO REAL - Barcelona 4 x 0 Deportivo La Coruña

+ Coutinho marca e Liverpool massacra o Bournemouth no Inglês

Com o tranquilo resultado, o Barcelona seguiu com boa vantagem na liderança da competição. Está com 42 pontos, seis na frente do vice Atlético de Madrid, oito do Valência e 11 do Real Madrid, que não atuou na rodada porque disputou - e venceu por 1 a 0 - a decisão do Mundial de Clubes, contra o Grêmio. Já o La Coruña se manteve com 15, lutando contra o rebaixamento.

Se o grande rival conquistou o sexto título mundial no sábado, o Barcelona manteve o amplo domínio nesta temporada. Foi superior desde o início neste domingo, terminou o primeiro tempo vencendo por 2 a 0 e manteve o ritmo na etapa final.

Messi perdeu duas boas oportunidades logo nos primeiros minutos e deu o tom que o duelo seria fácil. Luis Suárez até marcou aos cinco, mas o lance foi anulado por impedimento. As chances seguiam sendo desperdiçadas e o gol parecia questão de tempo. E ele realmente saiu aos 28, quando o argentino recebeu sozinho dentro da área e só rolou para o uruguaio completar.

Em rápido contra-ataque, o Barcelona quase fez o segundo aos 36 - Messi acertou o travessão. E o argentino voltaria a carimbar o poste aos 40. Mas, dessa vez, Paulinho aproveitou o rebote e ampliou o placar.

De letra, quatro minutos depois, Suárez quase fez um golaço, mas Martínez salvou. A bola, porém, ultrapassou a linha antes do goleiro defender, fato não notado pela arbitragem. Ainda assim, o lance não faria falta. No primeiro minuto do segundo tempo, após bela troca de passes, o uruguaio novamente recebeu sozinho e só completou.

Faltava Messi fazer o seu gol. E, aos 21, pela terceira vez na partida, ele acertou a trave. Sua oportunidade foi ainda maior três minutos depois, após Suárez sofrer pênalti. Mas Martínez defendeu a cobrança do argentino.

Se não era o domingo de Messi, Paulinho aproveitou a sua sorte. Aos 29, após nova finalização na trave, agora de Jordi Alba, o brasileiro pegou outro rebote, tocou para o gol vazio e completou a tranquila goleada. Suárez ainda teve chance de fazer o quinto aos 39. E, pela quinta vez na partida, a bola parou na trave.

Ainda neste domingo, em casa, o Las Palmas ficou no empate por 2 a 2 com o Espanyol. O argentino Jonathan Calleri marcou o gol da igualdade já aos 44 minutos do segundo tempo. Jonathan Viera ainda teve chance de virar nos acréscimos, mas desperdiçou cobrança de pênalti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.