Werther Santana/ Estadão
Werther Santana/ Estadão

Paulinho desabafa e mira titularidade no Santos: 'Não vim para ser mais um'

Atacante garante que vai ajudar o time da Vila Belmiro

Estadão Conteúdo

28 de março de 2016 | 17h46

O atacante Paulinho reconheceu nesta segunda-feira que ainda não rendeu o que esperava no Santos. O ex-jogador do Flamengo afirmou que ainda vai brigar para ser titular do time e agradeceu ao técnico Dorival Júnior, com quem teve uma conversa.

"Eu tive alguns problemas familiares no começo (do ano), mas o Dorival conversa comigo e estou me esforçando ao máximo. Tenho mais confiança. Não me contrataram para ser mais um. Vim para ajudar", afirmou.

Paulinho foi contratado em janeiro por indicação do técnico Dorival Júnior. A ideia era que o atacante pudesse substituir Marquinhos Gabriel, que retornou ao futebol árabe após se destacar pelo Santos no ano passado, atuando por empréstimo.

"Todos que estão entrando na vaga (do Marquinhos Gabriel) estão tentando ajudar. Jogador tem altos e baixos. Que logo seja eu que possa entrar, pegar a vaga e não sair mais", afirmou o atacante, que tem contrato de empréstimo até o final deste ano.

O Santos tem 23 pontos e está empatado com o São Bento na liderança do Grupo A do Campeonato Paulista. Na quinta-feira, o time recebe a Ferroviária, às 21h30, na Vila Belmiro, pela 13ª rodada do torneio estadual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.