Clayton de Souza/AE
Clayton de Souza/AE

Paulinho evita falar de Mundial de Clubes e diz focar o Brasileiro

'Nós precisamos conquistar pontos para ficarmos numa zona de conforto', disse o jogador do Corinthians

PAULO FAVERO E PAULO GALDIERI, Agência Estado

24 de setembro de 2012 | 15h57

SÃO PAULO - Poucas horas depois de a Fifa sortear as chaves do Mundial de Clubes, o volante Paulinho evitou falar sobre a competição, durante evento promocional realizado na manhã desta segunda-feira, em São Paulo. O jogador preferiu não comemorar o fato de que o Corinthians escapou de um possível duelo contra o Monterrey, do México, já na semifinal do torneio que será realizado em dezembro, no Japão.

Paulinho lembrou que o time corintiano tem de seguir focado no Brasileirão, no qual ocupa a oitava posição e ainda precisa somar mais pontos para livrar o risco matemático de rebaixamento, meta principal do técnico Tite para depois priorizar apenas o Mundial.

"Não estou preocupado com o Mundial agora. Sabemos a dificuldade que vai ser, mas no momento temos que pensar no Campeonato Brasileiro. Nós precisamos conquistar pontos para ficarmos numa zona de conforto e só depois vamos pensar no Mundial", disse o jogador.

Paulinho também evitou mostrar predileção por um possível rival na semifinal do Mundial, sendo que o Corinthians irá enfrentar o ganhador do confronto entre um representante da África e o vencedor da partida entre o Auckland City, da Nova Zelândia, e o campeão japonês.

"Não dá para escolher adversário, todos são complicados. Qualquer que for o adversário, todos têm a sua capacidade. Não podemos menosprezar ninguém", alertou, para depois acrescentar: "Quando estiver mais próximo da competição, a gente pode analisar melhor as outras equipes, mas por enquanto o foco é no Brasileirão".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.