Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Paulinho marca em retorno e Flamengo vira sobre o Volta Redonda

Atacante não atuava pela equipe rubro-negra há seis meses

RONALD LINCOLN JR., O Estado de S. Paulo

12 Março 2015 | 00h21

Depois de ficar seis meses sem atuar por causa de uma contusão no joelho direito, o atacante Paulinho retornou inspirado e marcou um dos gols da vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o Volta Redonda, nesta quarta-feira, no Maracanã, pelo Campeonato Carioca O resultado elevou os donos da casa para a segunda colocação, com 20 pontos. O Volta Redonda caiu para sétimo, com 15.

Vale ressaltar que Fluminense e Vasco, imediatamente abaixo do clube rubro-negro jogam nesta quinta. Mais cedo, o Macaé superou a Cabofriense e chegou à quinta posição. A equipe do Norte-Fluminense vai representar o Rio na Série B do Brasileiro deste ano e está mostrando que pode ser uma das forças do Carioca.

A entrada de Paulinho após o intervalo foi o ponto fundamental para a vitória do Flamengo. Além de marcar um golaço, infernizou a defesa rival e, assim, cavou sua vaga no time titular para a próxima rodada.

O JOGO
Desde o início, o Flamengo controlou a posse de bola e fez seu jogo dentro do campo adversário, mas encontrava dificuldades para furar o bloqueio defensivo do Volta Redonda. As exceções eram as investidas em velocidade de Gabriel, que completou 100 jogos pelo Rubro-Negro.

O Volta Redonda, por sua vez, adotou uma estratégia semelhante a que os outros times de menor investimento têm praticado. Sem a bola, se fechou na defesa e, com ela, contra-atacou em velocidade. E o gol saiu dessa forma. Aos 18, Gabriel foi desarmado por Kaio, que arrancou e passou para Niltinho. O apoiador chutou a bola na trave e Henrique, de barriga, empurrou a sobra para o gol.

Além de sofrer com a retranca do Volta Redonda, o time flamenguista parecia jogar com dois a menos. O meia Mugni e o atacante Eduardo da Silva quase não participaram do jogo. No intervalo, o técnico Luxemburgo os substituiu por Paulinho e Alecsandro, respectivamente. A evolução dos donos da casa foi imediata. Passaram a pressionar com perigo, principalmente pelas laterais.

Paulinho, muito rápido, incomodava os zagueiros rivais, e foi responsável pelo empate. Após receber sobra na área, ele bateu de primeira no ângulo, marcando um golaço. O atacante seguiu perigoso e quase marcou novamente em três finalizações. Mas, coube a Alecsandro o gol da virada, aos 40. Assim, o time rubro-negro garantiu a vitória, merecida pelo segundo tempo que fez.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 1 VOLTA REDONDA

FLAMENGO - Paulo Victor; Pará, Wallace, Bressan, Anderson Pico (Luiz Antônio); Marcio Araújo, Canteros, Mugni (Paulinho), Gabriel, Eduardo da Silva (Alecsandro) e Marcelo Cirino. Técnico - Vanderlei Luxemburgo.

VOLTA REDONDA - Douglas, Henrique, Reniê, Luan e Pedro Rosa; Diego Paulista (Magnum), Hugo, Kayo (Pedro Isidoro) e Bruno Barra; Adeílson e Niltinho (Alan Carius). Técnico - Marcelo Cabo.

GOLS - Henrique, aos 18 minutos do primeiro tempo. Paulinho, aos 10, e Alecsandro, aos 40 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Pathrice Wallace Maia.

CARTÕES AMARELOS - Paulinho, Wallace (Flamengo); Adeílson, Niltinho (Volta Redonda).

PÚBLICO - 6.969 pagantes (7.978 no total).

RENDA - R$ 219.860,00.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.