Paulista A-2 tem briga pela classificação e contra descenso

Seis times brigam pelas últimas cinco vagas na segunda fase da Série A-2 do Campeonato Paulista, que vai apontar os quatro novos integrantes da elite estadual em 2008. Por outro lado, outros seis clubes ainda tentam fugir das últimas quatro posições da tabela - o grupo dos rebaixados para a Série A-3. Esse é o panorama da última rodada da primeira fase programada para domingo, com todos os 10 jogos começando às 15 horas.Três times se garantiram na segunda fase: a líder Portuguesa, com 35 pontos, o União São João, com 34, e o Rio Preto, com 31. O curioso é que um simples resultado pode determinar os outros cinco classificados. Basta o Guarani, com 28 pontos, em quinto lugar, vencer o Atlético, em nono, com 26 pontos, em Sorocaba, e o resultado eliminaria o adversário. Além disso, abriria espaço para os demais concorrentes se garantirem, independentemente de seus jogos. No caso, Mirassol, com 28, Botafogo, Bandeirante e São José, ambos com 27 pontos.O jogo em Sorocaba é o único confronto direto entre dois aspirantes à classificação. Outro duelo complicado acontecerá entre Portuguesa Santista, ameaçado pelo rebaixamento, com 19 pontos, em 17.º lugar, e o Botafogo. Essa partida acontecerá no Estádio Ulrico Mursa, em Santos.A situação mais confortável é do Mirassol, com 28 pontos, que pode se classificar até com derrota para o classificado União São João, em Araras. Isso porque tem saldo de gols de oito, contra cinco do Guarani, que cai fora se perder do Sorocaba e não tirar esta diferença de três gols.A história muda para o Guarani se outros clubes vacilarem e não marcarem pontos. O Bandeirante recebe o Comercial, com 21 pontos, em 15.º lugar e ainda ameaçado pelo descenso. O São José joga fora com a desclassificada Internacional, em Limeira, precisando vencer para não depender de nenhum outro resultado. Na luta com o descenso, a situação mais crítica é do lanterna Taubaté, que pega a líder Portuguesa, no Canindé, precisando vencer e torcer por outros resultados. Mesma situação de Osvaldo Cruz e Nacional, ambos com 17 pontos, que jogam fora, respectivamente, contra Rio Preto e Oeste.A Santista, com 19 pontos, em 17.º, precisa vencer o Botafogo e torcer por tropeço de Palmeiras B, com 19 e que enfrenta fora de casa o Mogi Mirim, ou derrota do Comercial, com 21 pontos, que pega o Bandeirante. O time de Ribeirão Preto precisa vencer para não depender de nenhum resultado, porque em caso de derrota pode ser ultrapassado por Santista e Palmeiras B.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.