Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Paulista contrata Rodrigo Fabri, demitido do São Paulo

Na esperança de chegar às semifinais do Campeonato Paulista, a diretoria do Paulista anunciou nesta sexta-feira à tarde a contratação do meia-atacante Rodrigo Fabri, demitido por justa causa do São Paulo na semana passada - ele não aceitou viajar com o time C à Índia.O jogador, de 31 anos, também interessava à Ponte Preta, que não aceitou suas imposições salariais. ?Tinha outras propostas para ganhar até quatro vezes mais, porém, aceitei a oferta do Paulista por seu histórico, sua organização e por achar que posso me adaptar rapidamente ao clube?, afirmou Fabri em sua chegada.O meia-atacante teria aceitado adequar-se à política de salários imposta pela diretoria. Na Ponte Preta, ele teria exigido R$ 50 mil de luvas, além de salários de R$ 35 mil para os dois primeiros meses e de R$ 50 mil para os demais oito meses. ?O importante, agora, é ele jogar?, defendeu o advogado Fernando César, seu procurador há 11 anos.Os dirigentes do Paulista acreditam que o meia-atacante pode ser o diferencial do time para chegar às semifinais e até brigar pelo título do Campeonato Paulista. No momento, o Paulista de Jundiaí soma 21 pontos e ocupa a quarta posição.Fabri ficou conhecido pela campanha do vice-campeonato brasileiro da Portuguesa em 1996. Depois, passou pelo Flamengo, em 1998, Santos, Real Madrid e Valladolid, em 1999, Sporting, em 2000, Grêmio, em 2001, Atlético de Madri, em 2003, Atlético-MG, em 2004, e São Paulo, em 2006.Em seu currículo, Rodrigo Fabri tem as conquistas da Copa das Confederações (1997), Copa de Portugal (2001), Troféu Cidade de Madrid (2003), Troféu Ramon de Carranza (2003) e Campeonato Brasileiro (2006).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.