Paulista e Botafogo ficam no empate

Um erro da arbitragem impediu a vitória do Paulista sobre o Botafogo, nesta quarta-feira à noite, no estádio Jaime Cintra, em Jundiaí. O empate por 1 a 1 só foi possível em razão de um gol irregular do time carioca, marcado por Alex Alves no segundo tempo. Ele recebeu a bola em impedimento, na intermediária, avançou e só teve o trabalho de tocar na saída do goleiro Rafael. O jogo foi válido pela segunda fase da Copa do Brasil - as duas equipes voltam a se enfrentar dia 6 de abril, no Rio.No primeiro tempo, Paulista e Botafogo chutaram pouco a gol. A rigor, o time da casa só teve uma oportunidade, a da finalização certeira de Márcio Mossoró, aos 20 minutos, após driblar dois adversários. Ele ainda encobriu o goleiro Jefferson, fazendo num bonito gol.Já o Botafogo só ameaçou em duas cobranças de falta. Numa delas, Ramon obrigou Rafael a fazer boa defesa. Movimentado, o jogo era também muito violento. O árbitro Evandro Roman poderia ter expulsado pelo menos três atletas. Preferiu a advertência com cartão amarelo. No segundo tempo, Rafael voltou a evitar gol de Ramon em lance individual do meia botafoguense. Mas não impediu o gol de empate de Alex Alves, aos 20 minutos. O atacante recebeu passe de Guilherme em impedimento e chutou rasteiro. Depois disso, Márcio Mossoró ainda criou uma boa chance, mas Jefferson não conseguiu completar a jogada, dividindo com seu homônimo, o goleiro do Botafogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.