Paulista e São Caetano ficam no empate em Jundiaí

Com dois gols de Luan (um a favor e outro contra), partida da 18.ª rodada do Paulistão termina em 1 a 1

Agencia Estado

31 de março de 2009 | 21h39

JUNDIAÍ - O Paulista perdeu uma boa oportunidade de se livrar do rebaixamento no Paulistão. Jogando em casa, no Estádio Jaime Cintra, na noite desta terça-feira, a equipe de Jundiaí não passou de um empate por 1 a 1 com o São Caetano, pela 18.ª rodada do campeonato.

Veja também:

tabela Campeonato Paulista - Classificação 

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Com o empate em casa, o Paulista passou aos 17 pontos, ainda ameaçado pelo rebaixamento. Já o São Caetano, mais tranquilo na classificação do campeonato estadual, chegou aos 21 pontos e segue na briga por uma vaga na disputa do título de Campeão do Interior.

O primeiro tempo do jogo foi fraco. Somente nos minutos finais, o Paulista passou a pressionar, conseguindo criar algumas chances de gol, todas sem sucesso. Na segunda etapa, porém, a história da partida mudou completamente.

Melhor em campo, o São Caetano abriu o placar aos 28 minutos: o atacante Luan marcou de cabeça. Mas a reação do Paulista foi imediata. Aos 29, em cobrança de escanteio, o mesmo Luan tentou afastar o perigo e acabou marcando gol contra.

Depois do empate, o Paulista se animou, partindo em busca da virada. E teve uma grande chance para isso, já aos 38 minutos, quando o zagueiro Pedro Paulo perdeu cobrança de pênalti, consagrando o goleiro Luiz, do São Caetano, que fez a defesa.

No próximo domingo, na última rodada da primeira fase do campeonato, o Paulista tem a difícil missão de enfrentar o Barueri fora de casa, enquanto o São Caetano encara parada ainda mais complicada, contra o São Paulo, em Presidente Prudente.

PAULISTA 1 X 1 SÃO CAETANO

Paulista - Felipe; Pedro Paulo, Mauro e Cléber Goiano; Marcelo Toscano (Francisco Alex), Romeu, Rodrigo Santos (Marcelinho), Felipe Azevedo e Jaílson; Léo (Abraão) e Zé Carlos. Técnico - Giba.

São Caetano - Luiz; Patric, Marcelo Batatais, Everaldo e Éverton Ribeiro; Tobi, Ademir Sopa, Gerson e Aloísio (Marcinho); Vandinho (Diogo Orlando) e Luan (Betinho). Técnico - Sérgio Soares.

Gols - Luan, aos 28 e aos 29 (contra) minutos do segundo tempo.

Árbitro - Paulo Roberto Ferreira.

Cartões amarelos - Cléber Goiano, Ademir Sopa, Tobi, Luan e Éverton Ribeiro.

Renda - R$ 52.112,00.

Público - 3.316 pagantes.

Local - Estádio Jaime Cintra, em Jundiaí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.