Paulista ganha e garante a vantagem

O Paulista aumentou para 43 o total de partidas invicto no Estádio Jaime Cintra. Na noite desta quarta-feira o time de Jundiaí bateu o Juventude-RS por 1 a 0 em sua estréia na Copa do Brasil e ganhou a vantagem de poder empatar a partida de volta, em Caxias do Sul, no dia 2 de março, para ficar com a vaga na segunda fase da competição. O resultado de 1 a 0 para os gaúchos leva a decisão para os pênaltis. Mas, eles deixaram a cidade reclamando, porque sofreram o gol de pênalti, aos 46 minutos do segundo tempo, marcado por Davi.Num jogo aberto, Paulista e Juventude buscaram o gol a todo instante. Com menos de um minuto, o time paulista marcou com o zagueiro Tiago Mathias, mas o gol foi anulado. Os gaúchos tentaram com Rodrigo, aos 27, mas esbarraram em grande atuação do goleiro Rafael. No intervalo, o técnico Ivo Wortmann, do Juventude, justificou o esquema ofensivo. "Vale mais perder por 2 a 1 do que empatar por 0 a 0. Temos que marcar um gol", explicou.Mas, a tática não funcionou. O jogo ia empatando até Naldo colocar a mão na bola dentro da área, aos 42 minutos. Após muito protesto por parte dos gaúchos, inclusive com a expulsão de Léo Santos, Davi cobrou e garantiu a vitória.

Agencia Estado,

16 de fevereiro de 2005 | 23h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.