Paulista: jogadores estão preocupados

Os jogadores do Paulista voltam aos treinos nesta segunda-feira à tarde no estádio Jaime Cintra, mas com certeza todas as atenções estarão voltadas para a sessão do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Paulista de Futebol que decidirá sobre o novo mando pelas semifinais do Paulistão, diante do Palmeiras. Existe uma preocupação geral em torno do julgamento. "Se tirarem a gente de nosso campo vamos perder todo o esforço despendido até agora", diz o experiente volante Alemão. O técnico Zetti, que passou a semana passada tentando livrar o elenco desta preocupação, agora também não esconde sua expectativa. "Acho que este julgamento faz parte desta semifinal. É mais um ingrediente para as torcidas. Só que, na minha opinião, seria injusto para o Paulista e sua torcida jogarmos fora de Jundiaí", comentou. Na volta aos treinos, os jogadores farão apenas um trabalho muscular, de desintoxicação e relaxamento, com o fisicultor Fernando Moreno. A programação da semana também prevê apenas treinos físicos de manutenção, porque o estágio atual é considerado "muito bom" pela comissão técnica. "A prova foi a disposição demonstrada no primeiro jogo", atesta Moreno. O time também estará completo, inclusive com o goleiro Márcio. Ele foi substituído aos 11 minutos do segundo tempo, sentindo fortes cãimbras nas panturilhas (batata da perna), mas não sofreu nenhuma lesão muscular, segundo a análise inicial dos médicos do clube. "Existe neste caso o ingrediente emocional, que provocou tensão muscular", explica Bracalli, treinador de goleiros, que não acredita na recuperação do titular Rafael, ainda se recuperando de uma lesão muscular na coxa direita.

Agencia Estado,

28 de março de 2004 | 16h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.