Paulista lamenta os gols perdidos

No vestiário do Paulista, após o empate sem gols com o Corinthians, neste domingo, o discurso parecia ensaiado entre os jogadores e o técnico Vágner Mancini. Todos fizeram a mesma reclamação: o excesso de gols perdidos. Se o time tivesse mais tranqüilidade, poderia ter saído com a vitória do estádio Jaime Cintra, em Jundiaí."Empatar com o Corinthians nunca é ruim, mas poderíamos ter saído com a vitória. Faltou caprichar mais", afirmou Vágner Mancini. O treinador confessou que mandou molhar o gramado antes da partida para levar vantagem sobre o adversário. "A ordem foi minha, mas isso não fez a diferença."O meia Ricardinho foi outro que comentou o excesso de gols perdidos pelo Paulista. "Com certeza, esse foi o nosso erro para não vencer outra vez", admitiu.Com o empate, o Paulista segue sem perder há sete meses no estádio Jaime Cintra. A última derrota aconteceu em julho passado, para o Ituano, pela Série B do Brasileiro. Neste Campeonato Paulista, foram quatro vitórias e um empate em casa.

Agencia Estado,

20 de fevereiro de 2005 | 19h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.