Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Paulista lamenta ter jogador expulso

O Paulista empatou em 2 a 2 com o líder e invicto do Paulistão, o São Paulo, e manteve sua invencibilidade em casa, agora de 12 jogos. Desde o dia 4 de julho de 2004, quando caiu diante do ituano, pela Série B do brasileiro. Mesmo assim, o tiem conseguiu arrumar um culpado por não ter vencido dentro do estádio Jaime Cintra: o juiz Luiz de Oliveira.A principal reclamação era quanto a expulsão do atacante Jéferson no segundo tempo. Mesmo assim, o Paulista marcou o segundo gol e por alguns minutos comemorou a vitória sobre o único invicto. "Acho que com 11 jogadores nós poderíamos vencer, porque mostramos um ritmo forte de jogo", lamentou o técnico Vágner Mancini. Ao mesmo tempo ele elogiou a conduta de seus jogadores: "Trabalhamos em equipe, tivemos garra e somamos um ponto importante".Os jogadores concordaram com o técnico. Léo, ex-Guarani, que marcou o primeiro gol estava satisfeito por seu rendimento: "Acho que fiz o que o técnico me pediu. E tive sorte de marcar um gol", comentou.O próximo jogo do Paulista será diante do Ituano, domingo, em Itu. Até lá, o Galo do Japi manterá a 11ª posição, com 15 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.