Paulista, líder absoluto, vence outra

O Paulista ratificou sua classificação à próxima fase do Campeonato Paulista antecipadamente, neste domingo à tarde, após vencer o Mogi Mirim por 2 a 1, em Jundiaí. Com a vitória o time do técnico Zetti chegou aos 22 pontos e ocupa a liderança isolada do Grupo 2 e com o ´título´ de time que mais pontuou até agora. O Mogi segue com quatro pontos e na nona colocação. Com moral e precisando apenas de um empate para confirmar uma vaga na próxima fase, o Paulista entrou em campo como favorito. E confirmou a condição com um bom toque de bola e a fraca marcação do Mogi Mirim. Mas apesar das jogadas do time de Jundiaí funcionarem, a área poucas vezes era invadida pelos atacantes. O gol do Paulista saiu somente aos 43 minutos e com uma ajuda adversária. Lucas cruzou para a área, o zagueiro Ramires tentou afastar e acertou o próprio gol. A árbitra Sílvia Regina validou o gol como sendo feito por Lucas, que comemorou da mesma forma. No segundo tempo, o Mogi, por incrível que pareça, entrou mais determinado em campo. E o gol de empate veio logo aos cinco minutos, com Daniel chutando forte de fora da área e acertando o canto direito do goleiro Rafael. O Mogi começava a se impor no jogo, até a expulsão de Izaías, o que obrigou o técnico Val de Melo sacar o atacante Vandinho e colocar o zagueiro Douglas. Com a alteração, o Mogi perdeu volume de jogo e passou a jogar recuado, para, pelo menos, sair com um empate fora de casa. A árbitra Sílvia Regina deu cinco minutos de acréscimos, o que acabou sendo fatal para o Mogi. Aos 47 minutos João Paulo invadiu a área e foi derrubado por Edervan. Sílvia Regina anotou a penalidade. O atacante Davi, que havia entrado no lugar de Umberto, bateu forte e converteu, classificando o Paulista, que volta à campo no próximo domingo, às 16 horas, quando enfrenta o São Caetano, no Anacleto Campanella. O Mogi Mirim vai folgar na próxima rodada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.