Paulista perto de acordo inédito com o PSV

O Paulista está muito perto de fechar um acordo de parceria com o PSV Eindhoven, da Holanda. O diretor técnico Hans Van Der Zee retorna ao país europeu nesta quinta-feira, quando entregará um relatório dos dez dias em que passou conhecendo as estruturas do time de Jundiaí. A assinatura do contrato só será feita com a aprovação do clube holandês.Embora ainda dependa do aval do PSV, o diretor de futebol do Paulista, João Figueiredo, demonstra muita confiança na negociação. "Em janeiro, quando estivemos na Holanda para explicar o projeto, já saímos com um pré-contrato em mãos. Pelo interesse que mostraram, acredito que tudo será acertado", afirmou, frisando que essa será a primeira do PSV no mundo.De acordo com o dirigente, os valores e a forma com que a parceria será feita ainda não foram definidos. "Não podemos falar nada sobre isso, pois não temos o contrato em mãos", garantiu. Algumas especulações chegaram a cogitar que o time europeu assinaria um contrato de dez anos, sendo que investiria ? 2 milhões por ano. "Não é verdade. A princípio faríamos um acordo de cinco anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. Ainda não há como falar em valores", informou.Segundo Figueiredo, apesar da forma ainda não ter sido definida, o interesse do PSV é formar atletas. "Vamos melhorar ainda mais a capacidade de revelação do Paulista, mas todas as categorias do clube devem ser beneficiadas, inclusive os profissionais", comentou.Futuro - O projeto criado pela diretoria do time jundiaiense foi apresentado em novembro do ano passado ao PSV. Com o investimento estrangeiro, as revelações que surgirem no estádio Jaime Cintra futuramente seriam negociadas com o futebol do exterior.O empresário Fernando César foi quem intermediou toda a negociação entre brasileiros e holandeses. Ele é amigo pessoal dos dirigentes do Paulista e conheceu a diretoria do PSV quando negociava um patrocinador para o meia Giovanni, ex-Santos, de quem na época era procurador no final dos anos 90.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.