Paulista tenta segurar empate no Sul

O Paulista tem uma missão complicada nesta quarta-feira, às 20h30, contra o Juventude-RS, no estádio "Alfredo Jaconi", em Caxias do Sul, pela partida de volta da Copa do Brasil. O time de Jundiaí joga pela vantagem do empate, já que na primeira partida venceu por 1 a 0. Os gaúchos precisam vencer por dois ou mais gols de diferença. Se o time gaúcho vencer por 1 a 0, a decisão irá para os pênaltis. O Paulista vai para a partida um pouco abalado. Nos dois últimos jogos disputados no Campeonato Paulista, acabou sendo derrotado, para o Guarani, 2 a 1 e Portuguesa Santista, 3 a 2. Coincidentemente estas partidas foram disputadas fora de casa e os jundiaienses costumam não se dar bem. "Esperamos acabar com este lado negativo", disse o técnico Vágner Mancini antes do embarque da delegação. Além do retrospecto desfavorável, o time de Jundiaí, não poderá contar com seu principal destaque. Trata-se do atacante Davi, autor do gol no jogo de ida, de pênalti. Seu contrato acabou e ele optou por não renová-lo. Em seu lugar, Mancini já confirmou Jéferson. No Juventude-RS, o técnico Ivo Wortmann, possui um problema. O ala-esquerdo Enílton, machucado, será substituído por Edu Silva. Nas demais posições o time será o mesmo que perdeu para o XV de Campo Bom, por 2 a 0, no Campeonato Gaúcho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.