Paulista vence Mogi nos acréscimos

Com dois gols nos acréscimos do atacante João Paulo, aos 46 e aos 49 minutos do segundo tempo, o Paulista venceu o Mogi Mirim, por 3 a 1, neste sábado à tarde, no Estádio Jaime Cintra, em Jundiaí. A vitória levou o vice-campeão paulista aos oito pontos, enquanto o Mogi só tem um. Apesar da excelente posição no Brasileiro da Série B, o Paulista pode perder o técnico Zetti para o Guarani, de Campinas. Animado com a estréia do técnico Ademir Fonseca, o Mogi Mirim foi um time muito aplicado em campo. O time da casa sempre teve um volume maior de jogo, mas o Mogi teve méritos em se defender em bloco e não deixar que os atacantes adversários finalizassem na frente do goleiro Edervan. Dois gols saíram no final do primeiro tempo. Aos 43 minutos, Gilson Batata roubou a bola no meio-campo e carregou com velocidade. No cruzamento, Luciano tocou para o fundo do gol de Rafael. Um minuto depois, Márcio Mossoró chutou cruzado e o zagueiro Gian desviou contra suas próprias redes: 1 a 1. O panorama do segundo tempo não mudou. O Paulista pressionava, enquanto o Mogi Mirim tentava imprimir velocidade para explorar os contra-ataques. O quadro só mudou com a expulsão de Leandro aos 40 minutos. Nestes momentos de instabilidade, o Paulista conseguiu a vitória. Aos 46 minutos, Davi fez uma grande jogada e cruzou para que o atacante João Paulo subisse entre os zagueiros do Mogi e, de cabeça, virasse o placar. O atacante do Paulista voltaria às redes aos 49 minutos. Novamente com João Paulo. Ele chutou forte, tirando do goleiro Edervan e garantindo a vitória do Paulista. O próximo jogo do Paulista será dia 22, no Estádio Jaime Cintra, contra o São Raimundo-AM. O Mogi Mirim, na terça-feira, joga contra o Joinville, em Santa Catarina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.