Paulista vence Monte Azul no fim e deixa zona de perigo

Time de Jundiaí ganha por 3 a 2 com gol de Barboza aos 46 do segundo tempo

AE, Agencia Estado

07 de fevereiro de 2010 | 13h34

O Monte Azul decepcionou seus torcedores em sua estreia no Estádio AMA pelo Campeonato Paulista. Com um gol do meia Barboza, aos 46 minutos do segundo tempo, o Paulista venceu por 3 a 2 o time da casa, que vinha mandando seus jogos em Ribeirão Preto, na manhã deste domingo, pela sétima rodada.

Veja também:

PAULISTÃO 09 - tabela Classificação | lista Calendário

Com a vitória no final, o time de Jundiaí chega aos sete pontos e deixa a zona de rebaixamento. Por outro lado, o Monte Azul, que estreou o meia Lopes, ex-Palmeiras, segue sem vencer e ocupa apenas a penúltima posição, com quatro pontos.

Apesar do forte calor que fazia na hora do jogo, os dois times se movimentaram bastante e fizeram um primeiro tempo emocionante. Embora o Paulista tenha começado melhor, foi o Monte Azul que abriu o placar. Aos 11 minutos, o meia Jeff Silva cruzou da esquerda e o zagueiro Mauro, sozinho, fez de cabeça.

O empate saiu aos 26 minutos. O veterano Baiano cobrou falta da direita, a bola pegou efeito e entrou no ângulo esquerdo do goleiro Luís Carlos, que esperava um cruzamento. O duelo seguiu aberto e os donos da casa chegaram ao segundo gol aos 37 minutos, em um pênalti convertido pelo atacante Borebi.

O clube de Jundiaí, porém, voltou a empatar com Felipe Azevedo, ainda aos 40 minutos do primeiro tempo. Ele recebeu passe de Mazola e bateu no canto esquerdo do goleiro.

Na etapa complementar, as duas equipes sentiram o desgaste físico pelo sol escaldante e o ritmo do jogo caiu drasticamente. Ainda assim, os visitantes encontraram forças para virar. Após contra-ataque, Barboza invadiu a área e bateu na saída do goleiro, já nos acréscimos.

Na próxima sexta-feira, às 19h30, o Monte Azul volta a campo para enfrentar o Barueri, no Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente. Já o Paulista joga contra o Bragantino, no sábado, às 19h30, no Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí.

MONTE AZUL 2 x 3 PAULISTA

Monte Azul - Luís Carlos; Dedê, Ávalos, Mauro e Ferrari; Bilica (Diogo), Alex, Jeff Silva (Marcelo Marinho) e Lopes (Edmilson); Marcelinho e Borebi. Técnico: Edison Só.

Paulista - Felipe Alves; Cléber, Márcio Santos, Eli Sabiá e Willian Rocha (Julinho); Baiano (Emerson), Rai, Fabrício e Barboza; Felipe Azevedo e Mazola (Felipe Tigrão). Técnico: Araão Alves.

Gols - Mauro, aos 11, Baiano, aos 26, Borebi (de pênalti), aos 37, e Felipe Azevedo, aos 40 minutos do primeiro tempo; Barboza, aos 46 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Marcelo Marinho, Alex, Bilica, Ferrari, Ávalos e Dedê (Monte Azul); Rai e Cléber (Paulista).

Cartão vermelho - Fabrício (Paulista).

Árbitro - Eduardo César Coronado Coelho.

Renda - R$ 49.500,00.

Público - 1.915 pagantes.

Local - Estádio AMA, em Monte Azul (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.