Paulista viaja para formalizar parceria

O presidente do Paulista, Eduardo dos Santos Palhares, já está naEuropa, onde deverá assinar um contrato de parceria, com o PSV Eindhoven. O acordo, que deve ser fechado na sexta-feira, prevendo o investimento financeiro do clube holandês na formação de jogadores no Estádio Jaime Cintra, em Jundiaí. O entendimento entre os clubes começou há alguns meses, com a visita de diretores do PSV a Jundiaí. Ficou definido previamente que a empresa Philips, proprietária do clube de Eindhoven, vai investir cerca de R$ 8 milhões na construção de um centro de treinamento e também na modernização do Estádio Jaime Cintra. A expectativa é que os destaques das categorias de base possam jogar no time europeu. O PSV também terá a preferência emcasos de transferência de algum atleta. De acordo com Palhares, o Paulista atuará como uma filial do PSV na América do Sul, o que poderá projetar ainda mais o clube. "Vamos trabalhar diretamente com um dos maiores clubes do mundo. Além da possibilidades de grandes negócios, o mais importante é aproveitar esse momento de crescimento do Paulista. O resultado vai acontecer em campo, com times competitivos." O time não treinou na tarde desta quarta-feira. Zetti preferiu dar um descanso para os atletas. Nesta quinta-feira, o time volta aostreinamentos em preparação para o jogo de sábado, contra o Joinville, em Jundiaí, na seqüência do Campeonato Brasileiro da Série B. O atacante Nando, da Portuguesa Santista, está fazendo testes físicos e poderá acertar com o Paulista. O jogador já defendeuo Bragantino, o Criciúma, esteve na China e disputou o Campeonato Paulista pelo time de Santos. Por outro lado, o goleiro Márcio, do São Paulo, não deve vir mais. Ele praticamente acertou com o Fortaleza, que também disputa a Série B.

Agencia Estado,

28 de abril de 2004 | 19h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.