Paulistão: amanhã sai decisão do TJD

O Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista de Futebol (FPF) se reúne nesta quarta-feira, às 11h30, na sede da entidade, em São Paulo, e pode anunciar decisão final em relação aos jogos apitados por Edílson Pereira de Carvalho e Paulo José Danelon, que confessaram ter manipulado jogos do Paulistão deste ano. A decisão é aguardada com ansiedade pelos 4 rebaixados ? Atlético Sorocaba, Inter de Limeira, União Barbarense e União São João ?, que querem a anulação dos 22 jogos sob suspeita (12 apitados por Edílson e 10 por Danelon) e o cancelamento do rebaixamento.?Ficar como está é imoral. Fazer as partidas novamente é impraticável. Para mim, não há saída a não ser cancelar o rebaixamento?, disse Pedro Fiorenzo, diretor-jurídico do Sorocaba. A princípio, o presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo del Nero, não queria acrescentar mais clubes no Paulistão de 2006, mas já afirmou que acatará a decisão do TJD.O presidente do Tribunal, Naief Saad Neto, tem feito reuniões diárias para discutir o caso. Nenhuma solução satisfatória foi encontrada. Caso siga o exemplo do STJD, de Luiz Zveiter, que cancelou todos os jogos apitados por Edílson Pereira de Carvalho no Brasileirão, o maior prejuízo seria para a Portuguesa Santista, que cairia no lugar do União Barbarense.?Se isso acontecer, vou às últimas conseqüências. Entenda isso como quiser!?, ameaçou o presidente da Portuguesa Santista, Carlos Alberto Amado Costa. ?Se cair para a segunda, não terei nada a perder mesmo!?

Agencia Estado,

04 de outubro de 2005 | 20h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.