Paulistão: Botafogo ganha do Paulista em Jundiaí

Equipe de Ribeirão Preto se afasta da zona de rebaixamento e deixa o adversário ainda mais ameaçado

Agencia Estado

25 de março de 2009 | 21h41

JUNDIAÍ - O Botafogo ganhou do Paulista por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, no Estádio Jaime Cintra, em Jundiaí. Assim, o time de Ribeirão Preto chegou aos 19 pontos no Paulistão, afastando-se da zona de rebaixamento e deixando o adversário ainda mais ameaçado, ainda com apenas 15 pontos.

Veja também:

tabela Campeonato Paulista - Tabela e resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão 

Como os dois times entraram em campo ameaçados de rebaixamento no campeonato e vivendo um jejum de vitórias, o jogo começou bastante movimentado. Mas o primeiro gol saiu apenas aos 43 minutos, quando Walter Minhoca fez o cruzamento para Adriano marcar 1 a 0 para o Botafogo.

Na volta do intervalo, o Paulista quase chegou ao empate. Logo aos três minutos, Augusto Recife fez pênalti em Alex Oliveira. Mas, na cobrança, Léo mandou a bola na trave, desperdiçando a oportunidade. O Botafogo, então, aproveitou para ampliar, aos cinco, com o gol de André Neles.

Aí, começou a reação do Paulista. Aos 17 minutos, o goleiro Paulo Musse não segurou o chute de Felipe Azevedo e Zé Carlos aproveitou o rebote para marcar. Depois, aos 26, o mesmo Zé Carlos fez mais um - seu 10º no Paulistão -, empatando o jogo. Mas o Botafogo ainda teve forças para buscar a vitória, aos 36, com Audálio.

Os dois times voltam a jogar no sábado, ambos a partir das 18h30, pela 17ª rodada do Paulistão. O Paulista vai até Itu para enfrentar o Ituano, enquanto o Botafogo vai jogar outra vez fora de casa, diante do lanterna Mogi Mirim.

PAULISTA 2 X 3 BOTAFOGO

Paulista - André Luís; Freire, Marcelo Xavier (Léo) e Eli Sabiá; Eduardo, Cléber Goiano, Ramalho (Romeu), Alex Oliveira (Pedro Paulo) e Jaílson; Felipe Azevedo e Zé Carlos. Técnico - Giba.

Botafogo - Paulo Musse; Marco Aurélio, Júlio César, Rafael Pedro e Betão; Augusto Recife (Audálio), Jonílson, Branquinho (Fabinho) e Walter Minhoca; André Neles (Fernando) e Adriano. Técnico - Roberto Fonseca.

Gols - Adriano, aos 43 minutos do primeiro tempo; André Neles, aos 5, Zé Carlos, aos 17 e aos 26, e Audálio, aos 36 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Luiz Flávio de Oliveira.

Cartões amarelos - André Neles, Betão, Romeu, Zé Carlos, Eduardo e Marcelo Xavier.

Cartão vermelho - Betão.

Renda - R$ 51.022,00.

Público - 3.270 pagantes.

Local - Estádio Jaime Cintra, em Jundiaí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.