Paulistas e gaúchos em dia de revanche

Dois confrontos entre times do Rio Grandedo Sul e São Paulo são a principal atração da rodada destedomingo do Campeonato Brasileiro. No Beira-Rio, o Internacionalpega o São Paulo de olho em uma das vagas ainda em disputa naTaça Libertadores da América no ano que vem. Na Vila Belmiro, oGrêmio enfrenta o Santos em jogo que pode ser fundamental parasua permanência na Primeira Divisão ou a queda para a Segunda em2004. Na teoria, o fato de os paulistas já estarem com o futurodefinido no Brasileiro ? Santos, com 85 pontos, e o São Paulo,com 77, têm vaga na Taça Libertadores garantida ? poderiasignificar facilidade para os gaúchos em campo. Mas a prática édiferente. O campeão Cruzeiro, atualmente com 94, contou comimportante ajuda de Inter e Grêmio para afastar santistas esão-paulinos da disputa do título nacional ainda na primeirafase. Sendo assim, será a chance dos paulistas darem o troco,atrapalhando o planos dos gaúchos. A partida contra o Internacional é a única de algum interessepara o São Paulo nas rodadas finais do Brasileiro, uma vez quesó o Colorado, com 71 pontos, pode lhe tirar o terceiro lugar nacompetição. No primeiro turno, em agosto, coube ao time gaúchovencer o Tricolor por 2 a 0 e afastá-lo da briga pela liderançado Brasileiro contra Santos e Cruzeiro. A equipe do técnico Rojas vai entrar em campo desfalcada deseus dois principais jogadores, o goleiro Rogério Ceni e oatacante Luís Fabiano mas, em compensação, os outros atletas vãoentrar em campo dispostos a mostrar serviço com o objetivo depermanecer em um elenco que deverá passar por expressivareformulação em 2004. "O importante é deixar uma boaimpressão", definiu o goleiro Roger. Ao mesmo tempo, o Internacional ainda está em disputa acirradacom São Caetano (71 pontos), Coritiba (69) pelas duas vagasrestantes na Libertadores. Levar o Colorado de volta ao torneiocontinental seria importante progresso na carreira do técnicoMuricy Ramalho, que chegou a ser sondado para comandar oTricolor depois da saída de Oswaldo de Oliveira. Para isso,antes de mais nada, precisa evitar os gols dos atacantessão-paulinos, como Diego Tardelli, que fez ótima apresentaçãocontra o River Plate durante a semana. No Grêmio a situação é a inversa dos rivais: o time, com 46pontos, luta para escapar do rebaixamento e sabe que não podevacilar contra o Santos ou sob pena de voltar novamente para azona dos ameaçados do descenso. O que anima o time gaúcho é ofato de poder acreditar em vitória sobre o vice-campeãobrasileiro já que conseguiu o feito na primeira fase, também por2 a 0, no Olímpico. O Santos, apesar da sua situação confortável, prometedificultar ao máximo o trabalho do Tricolor gaúcho. O técnicoEmerson Leão procurou motivar seus jogadores com o objetivo determinar o Brasileiro com o maior número de vitórias possíveisna competição para o time sair mais valorizado. E comoingrediente extra, vai contar com a volta de do atacante Robinho que estava suspenso e promete infernizar a defesa gremista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.