Paulo Almeida jura que não fez pênalti

Paulo Almeida jura que não fez o pênalti em Baiano, convertido no segundo gol do Palmeiras por Muñoz, aos 32 minutos do primeiro tempo. Quando saía de campo, no final da primeira etapa, o volante, que parou de dar entrevistas assim que foi anunciada a assinatura do seu pré-contrato com do Benfica, de Portugal, apenas gritou para os repórteres: "Não foi pênalti. Podem conferir na televisão." De reserva de Claiton com Leão, Paulo Almeida passou a ser solução não apenas para o meio-de-campo como também para a defesa. Como Alex, que se apresenta ao PSV Eindhoven no começo de julho, não joga mais pelo Santos, e Alcides vai ficar inativo durante mais quatro meses, em razão da grave contusão que sofreu no joelho, além da impossibilidade de se inscrever um novo zagueiro para os jogos das Copa Libertadores, Luxemburgo está adaptando o volante para jogar ao lado de André Luís, como ontem à tarde, após a expulsão de Pereira, ou do próprio Pereira, em caso de emergência. A situação ficou mais difícil porque Narciso não pode tomar a vacina contra a febre amarela, em razão de ter tido leucemia, e por isso não faz parte do grupo que viaja amanhã cedo para a Colômbia. Além de Léo, que está suspenso por ter sido expulso de campo na primeira partida contra o Once Caldas, Luxemburgo também não vai poder contar com Basílio, que foi cortado da relação dos jogadores que viajam amanhã cedo para a Colômbia. O atacante sentiu uma forte dor no músculo posterior da coxa direita, pediu substituição, a poucos minutos do final do primeiro tempo. Os médicos constataram que houve uma pequena lesão muscular que o impede de jogar na quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.