Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Paulo André diz não desejar sorte a Benítez, do Chelsea

'Se chegarmos na final, vamos ver o real estado deles e prefiro que estejam abalados', diz o zagueiro

VÍTOR MARQUES, Agência Estado

21 de novembro de 2012 | 19h29

SÃO PAULO - A demissão de Roberto di Matteo e a contração de Rafa Benítez pelo Chelsea virou assunto no Corinthians nesta quarta-feira. O zagueiro Paulo André admitiu que o time inglês, possível rival na final do Mundial de Clubes da Fifa, vive má fase e disse que não deseja sorte ao novo treinador.

"Eles (o Chelsea) vivem um momento difícil e a mudança é uma tentativa de fazer dar certo. O momento deles não é tão bom. Nosso caminho é um pouco diferente. Se chegarmos na final, vamos ver o real estado deles e prefiro que estejam abalados", comentou o defensor, que admitiu ter conversado pouco sobre as mudanças no Chelsea com os companheiros.

"Praticamente não conversamos sobre isso (demissão de Di Matteo). O Chelsea está há cinco jogos sem vencer e não tem como praxe (demitir), mas fizeram isso ano passado e deu resultado. Espero que desta vez eles não acertem", afirmou.

Na temporada passada, Di Matteo substituiu André Villas-Boas e, como interino, levou o time ao título da Liga dos Campeões. Desta vez, Benítez assumiu como interino, no lugar de Di Matteo. O novo treinador do Chelsea já tem experiências em mundiais. Foi campeão pela Inter de Milão em 2010 e vice em 2005, quando seu Liverpool perdeu para o São Paulo. "Ele sabe como motivar o grupo, não desejo sorte a ele", brincou Paulo André.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansPaulo André

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.